Raful: parada obrigatória para uma esfiha ou prato árabe - Mídia Paulistana | Explorando SP em 360º

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Raful: parada obrigatória para uma esfiha ou prato árabe

Compartilhe
Preço médio: R$40/pessoa
Estacionamento/Vallet: não há
Reserva: aceita
Formas de pagamento: dinheiro, crédito débito e vouchers refeição
Horário de funcionamento: varia de acordo com a unidade
Endereço visitado: Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 2159 (Raful Brigadeiro)

Conhecer restaurantes está entre as principais coisas para fazer em SP, já que a cidade oferece uma lista de estabelecimentos a se perder de vista. E entre estes estão alguns muito antigos, que fazem parte da história de São Paulo, assim como o Raful Cozinha Árabe, inaugurado na região da 25 de Março em 1960.

O restaurante com iguarias árabes conquistou um grande público ao longo dos anos, contando atualmente com duas unidades na cidade. Confira detalhes sobre a nossa visita a uma delas!

Padrão Raful de qualidade

Ambas as unidades do Raful oferecem produtos e serviços nos mesmos padrões: variedade de pratos e salgados, balcões para refeições rápidas, mesas para se acomodar durante refeições mais longas e rodízio árabe com mais de 25 pratos.

A unidade que vamos concentrar nossa análise a partir de agora é a da Avenida Brigadeiro Luís Antônio, que fica próxima a Avenida Paulista.

A esfiha do Raful

Assim como nas minhas visitas ao Jaber - outro restaurante árabe famoso em SP -, uma das minhas primeiras escolhas no Raful foi uma esfiha folhada, que chama muita atenção pela beleza - fazendo jus ao famoso "comer com os olhos".

E ela realmente é maravilhosa, uma massa super crocante, leve e recheio bem temperado e saboroso. E se você gostar de queijo, a folhada de ricota é simplesmente a melhor que já comi.


Também tem opções de esfihas abertas comuns e fechadas. A tradicional de carne é boa, já as fechadas não cheguei a experimentar, então não posso opinar.

Os pratos

Além dos salgados, o Raful também oferece opções de pratos frios e quentes, entre eles: charutos (vegetariano, repolho, folha de uva), arroz (lentilha, marroquino), falafel, berinjela, grelhados, coalhada seca, combinados, etc.

E doces: ninhos, coalhada fresca com doce de mamão, folhados, etc.

O serviço e o ambiente

São muitos os pontos positivos e diferenciais do serviço do Raful, a começar por todo o tempo passarem esfihas, quibes e salgados em geral recém saídos do forno, oferecidos em todas as mesas antes de serem colocados nas vitrines, na entrada do restaurante.

O salão é pequeno, não são muitas mesas, mas os garçons se dividem bem e o atendimento é excelente, muito ágil e simpático.

Os preços

A conta no Raful pode variar muito dependendo do tipo de refeição que você pretende fazer. Por exemplo, tem pratos variando de R$20 a meia porção a R$65 porção inteira (sessão de grelhados). Se ficar somente nos salgados, as esfihas variam de R$5,80 a R$7,20, os quibes de R$7,20 a R$8,90, e demais salgados de R$7,00 a R$8,50. Os doces variam de R$6,00 a R$9,50.

Então, seguindo a média da cidade São Paulo, facilmente se gasta R$30/R$40 considerando comida e bebida.


Há ainda uma opção de menu degustação que sai a R$69, oferecendo os pratos: homus, coalhada, babaganuche, kibe cru, tabule, espeto de kafta, arroz com lentilha, mix de charutos e pão árabe.

Considerações finais:

Certamente o Raful está entre os restaurantes de comida árabe em SP que vale muito a pena a visita. Além de ser interessante a nível cultural - especialmente a loja próximo a 25 de Março -, os pratos e opções de salgados são deliciosos, fazendo a experiência gastronômica ser muito boa.

O atendimento é outro bom motivo para conhecê-lo, pois eles fazem com que você se sinta acolhido, sendo uma estada extremamente agradável.

Resumo da avaliação:
Comida: ✩✩✩✩✩
Serviço: ✩✩✩✩
Preço: ✩✩✩✩
Localização: ✩✩✩✩✩
Vale a pena: ✩✩✩✩✩

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here